Este conhecimento milenar, o Eneagrama, é, muitas vezes um despertar de um sono continuado. Esse é um dos grandes fundamentos da nossa vida, estarmos «acordados».

 

Descobrir o nosso tipo de personalidade é um passo bastante importante, no entanto, o Eneagrama, é muito mais do que um “rotulo” do perfil de personalidade. Ele tem como missão apoiar-nos a saber o que fazer com essa informação. Somos mais do que um tipo, invariavelmente mais do que uma personalidade.

 

 

Perfil Tipo 1 – O Perfeccionista

 

Visão do Mundo: – “O mundo é um lugar imperfeito e eu trabalho arduamente para restabelecer a perfeição.”

Crença Nuclear: “Para ser amado, respeitado e aceite, necessito de ser perfeito.”

 

Foco de Atenção: No erro ou na imperfeição, criando mecanismos para uma melhoria constante. Irritam-se facilmente com o seu desempenho e o dos outros. Perseguem a sensação de serenidade, levando á necessidade de aperfeiçoar tudo á sua volta.

 

Na Vida Pessoal: Desejo que as pessoas mais próximas tenham um padrão de rigor exemplar. O foco no erro e no aperfeiçoamento sobrepõem-se á relação mais próxima e ás emoções. Maior foco na lógica e nos processos e menos nas emoções.

 

Na Liderança: Extremamente exigentes, principalmente com os que mais confiam. O mérito conquista-se pelo esforço. Tem como função definir objetivos claros e inspirar o outro a atingir altos standards de qualidade.

 

Ponto de Stress: Ser incorreto

 

Frases tipo:

“Sou mais focado nos processos do que nas pessoas”;

“Gosto de liderar pelo exemplo. Façam tal e qual como eu estou a fazer que nada irá falhar”;

“É insuportável ver uma pessoa fazer duas vezes o mesmo erro”;

“Acho que qualquer pessoa se irritaria”;

“Se todas as pessoas fizessem como eu, nada correria mal”;

“Nas relações, é como em tudo, a perfeição tem de estar sempre presente”.

 

 

 

Tipo 2 – O Prestativo

 

Visão do Mundo: – “Aquelas pessoas dependem da minha ajuda. Eu estou disponível, sou necessário e antecipo-me.”

Crença Nuclear: – “Para ser amado, respeitado e aceite, têm de ser úteis para com aqueles que elegem, focando a sua atenção na procura de aprovação.”

 

Foco de Atenção: Nas necessidades das outras pessoas que considera especiais, satisfazendo as suas necessidades. Pouco hábeis em dar resposta ás suas próprias necessidades. Têm uma grande capacidade de relacionamento interpessoal.

 

Na Vida Pessoal: Um pouco mais frio, por não ver preenchida a sua necessidade de ser correspondido. Necessita de sentir que o amor que dedica ao outro está a ser correspondido sem que o tenha de solicitar, caso contrário, amua para mostrar a sua desilusão.

 

Na Liderança: Carismático, desenvolvendo equipas muito próximas, que se protegem e apoiam. Demonstram a sua preocupação pela pessoa, ao nível profissional e também pessoal.

 

Ponto de Stress: Não ter conexão com situações ou pessoas.

 

Frases Tipo:

“Gostava de ter mais tempo só para mim, mas as pessoas não me permitem”;

“O mundo funcionará melhor se nos ajudássemos mais uns aos outros e estivéssemos mais atentos ao que as pessoas necessitam”;

“Não consigo estar de férias tranquilamente. Há sempre qualquer coisa que precisam que ajude a resolver”;

“Custa-me dizer que não frontalmente, em especial a certas pessoas que por quem tenho mais consideração”;

“Gosto de ajudar e naturalmente também gosto que o reconheçam ou que me apoiem sem que necessite de pedir”;

“Normalmente, não peço ajuda porque dou conta do recado sozinho”.

 

 

Tipo 3 – O Bem sucedido

 

Visão do Mundo: – “O mundo valoriza os vencedores e, por isso, tenho de evitar absolutamente qualquer fracasso ou que alguém o perceba.”

Crença Nuclear: – “Para ser amado, respeitado e aceite, necessito ter sucesso e que esse sucesso seja percebido pelos outros.”

 

Foco de Atenção: No reconhecimento e necessidade de auto promoção de uma imagem de sucesso. Centra-se mais no que faz e aparenta do que nas suas verdadeiras vontades e desejos.

 

Na Vida Pessoal: Necessidade de receber daqueles que estão mais próximos o reconhecimento e a validação. A forma como são vistos e a opinião que os outros poderão ter de si poderá fazer com que se adapte a um ambiente mais conciliador e menos competitivo.

 

Na Liderança: é saber usar as diferentes capacidades da sua equipa focalizando toda a energia nas conquistas de metas.

 

Ponto de Stress: Ser desprezível

 

Frases Tipo:

“Sou o number one”;

“Quando tivesse insucesso? Sinceramente não me lembro.”

“O mundo valoriza quem vence”;

“Não tolero pessoas que atrapalhem o desempenho”;

“Se não formos nós a fazer por nós, quem o fará?”

“Para mim, não há problemas, há oportunidades.”

 

 

Tipo 4 – O Romântico

 

Visão do Mundo: – “Sinto que me falta algo que não consigo explicar. Aperfeiçoo-me e procuro fazer tudo de uma forma única, especial e até talvez romântica.”

Crença Nuclear: – “Para ser amado, respeitado e aceite, necessito de ser único e especial, focado na busca do amor inalcançável”

 

Foco de Atenção: No que está em falta ou já não tem. Advém de uma perceção inconsciente de que não está a pertencer a algo. Essa falta não se traduz em bens, mas em sentimentos. Sensação de afastamento em relação aos outros.

 

Na Vida Pessoal: A emoção é o motor desta visão de um mundo distinto e particular. Quando envolvidos nas suas paixões, sobressaem-se sempre de uma forma única de se evidenciar.

 

Na Liderança: Altamente focados na concretização. Dar às pessoas significado e propósito para que elas possam mostrar toda a sua inspiração e excelência. próximo, humano, com um sentido de proximidade em relação às pessoas.

 

Ponto de Stress: Não ter Equilíbrio

 

Frases Tipo:

“Sou uma pessoa especial.”

“Acho que os outros nunca me compreendem.”

“Eu sou assim.”

“Porque é que para os outros parece tudo mais fácil?”

“Sinto que tudo o que faço é único e especial.”

“Mais ninguém faz isto assim.”

 

 

Tipo 5 – O Observador

 

Visão do Mundo: – “O mundo é profundamente invasivo e eu preciso de me resguardar para, em privado, poder pensar, informar-me e recarregar as minhas baterias.”

Crença Nuclear: – “Para ser amado, respeitado e aceite, deve possuir tudo aquilo que não lhe podem tirar, o conhecimento.”

 

Foco de Atenção: Desenvolvido numa visão de escassez. Estratégia de limitar desejos e adquirir conhecimento como recursos fundamentais, basicamente para não depender das outras pessoas. Distanciamento emocional.

 

Na Vida Pessoal: Pouca importância que dão aos bens materiais. Definem as regras e as condutas para se relacionarem com os seus próprios filhos e família mais próxima.

 

Na Liderança: desenvolver uma organização eficiente através do planeamento, critérios. têm múltiplos projetos na gaveta a aguardar alguma informação extra definitiva e que acabam por ficar sempre apenas no ponto de vista conceptual.

 

Ponto de Stress: Não ter Energia

 

Frases Tipo:

“Mais vale só do que mal-acompanhado.”

“Quem sabe, sabe.”

“As emoções só criam confusão.”

“As pessoas, por vezes, só atrapalham.”

“Importante ´definir os critérios.”

“Gosto de planear os potenciais imprevistos.”

 

 

Tipo 6 – O Precavido

 

Visão do Mundo: – “O mundo é um lugar ameaçador e não confiável. Nem mesmo a autoridade é confiável, por isso, testo-a e questiono-a.”

Crença Nuclear: – “Para ser amado, respeitado e aceite, deve ter segurança e certeza, adotando uma postura vigilante.”

 

Foco de Atenção: nos riscos e nos perigos que de alguma forma podem ocorrer a cada instante. A antecipação de cenários de risco ocorre para se precaver do contacto com o medo, sentindo assim uma falsa sensação de segurança.

 

Na Vida Pessoal: Vê a vida pessoal como porto seguro. A sua visão gregária faz dele uma espécie de protetor dos seus. O excesso de antecipação e o receio em confiar pode muitas vezes no entanto gerar inseguranças desnecessárias na relação intima..

 

Na Liderança: função do líder é resolver problemas dentro da organização e desenvolver um ambiente em que cada pessoa sinta que é parte da solução, sinta que consegue descobrir o problema e encontrar a solução.

 

Ponto de Stress: Não ter Segurança

 

Frases Tipo:

“As pessoas, em geral, não são confiáveis.”

“Esmola a mais, o pobre desconfia.”

“O seguro morreu de velho.”

“Confio no que faço.”

“Essa pessoa para mim deixou de ser confiável.”

 

 

Tipo 7 – O Entusiasta

 

Visão do Mundo: – “O mundo está cheio de ótimas oportunidades e opções. Eu espero ansiosa e alegremente um futuro maravilhoso em que não sofrerei qualquer privação ou limitação.”

Crença Nuclear: – “Para ser amado, respeitado e aceite, deve ser feliz e não forer qualquer tipo de privação.”

 

Foco de Atenção: No lado positivo da vida empenhando-se em não tomar contacto com qualquer tipo de dor, privação ou sofrimento. Esperam, de uma forma alegre, um futuro maravilhoso onde não têm qualquer privação ou limitação

 

Na Vida Pessoal: Vivida com leveza e entusiasmo, relações descontraídas e anti rotina. Receio que as relações mais sérias sejam compreendidas como falta de liberdade provoca muitas vezes a fuga de compromisso.

 

Na Liderança: Manter as pessoas entusiasmadas e motivá-las a criar inovações que deem vantagem competitiva na conquista de novas oportunidades.

 

Ponto de Stress: Não ter Opções

 

Frases Tipo:

“Fantástica ideia! Vai ser genial.”

“Isso faz sentido. Avancemos o quanto antes.”

“Há várias opções para esse assunto.”

“Grandes oportunidades.!

“Sei que tudo vai correr bem”

“Do meu passado, só recordo coisas boas.”

 

 

 

Tipo 8 – O Controlador

 

Visão do Mundo: – “O mundo é um lugar injusto, onde os fortes abusam dos fracos. Reponho essa justiça e luto para defender os inocentes e desprotegidos porque são mais frágeis.”

Crença Nuclear: – “Para ser amado, respeitado e aceite, tem de ser forte e ter o poder.”

 

Foco de Atenção: Na força e no poder. Preocupação de manter um determinado estado de controlo sobre si e sobre as situações que estão à sua volta. Encaram cada fronteira e dificuldade como uma prova de força a ser superada.

 

Na Vida Pessoal: Tendência a ser o protetor, em que lhe confere o seu porto seguro. Baixa a intensidade e necessidade de explorar a sua força. Para não ser visto como uma pessoa frágil, não se permite relaxar e explorar a sua sensibilidade.

 

Na Liderança: pessoas pouco sensíveis e apenas focadas na sua força e poder. mover a organização liderando assertivamente e tendo equipas determinadas em agir e em conquistar.

 

Ponto de Stress: Não ter Força

 

Frases Tipo:

“Se é para fazer, faça-se já!”

“Façam o que vos digo, assim funciona.”

“As pessoas queixam-se porque não lhes dão nada para fazer.”

“A fazer, que se faça em grande.”

“Detesto pessoas lentas: Complica-me os nervos.”

“Vá direto ao assunto. Não ande ai a enrolar.”

 

 

 

Tipo 9 – O Pacificador

 

Visão do Mundo: – O mundo não valoriza os meus esforços. Mesmo assim, eu fico confortável e conservo a minha paz.”

Crença Nuclear: – “Para ser amado, respeitado e aceite, deveria ser harmonioso, não só com ele próprio mas também para o equilíbrio entre todos.”

 

Foco de Atenção: Está na harmonia e no consenso, em que cada um de nós ceder um pouco. Conseguem, com uma habilidade natural, envolver e unir as partes opostas. Evitam conflitos. As suas prioridades são relegadas para segundo plano.

 

Na Vida Pessoal: Tendência a ser o protetor, em que lhe confere o seu porto seguro. Baixa a intensidade e necessidade de explorar a sua força. Para não ser visto como uma pessoa frágil, não se permite relaxar e explorar a sua sensibilidade.

 

Na Liderança: Pessoas envolventes. Estabelecem a harmonia entre partes muitas vezes adversas. função do líder é fazer viver a missão da organização promovendo um ambiente harmonioso e estruturado.

 

Ponto de Stress: Não ter Harmonia.

 

Frases Tipo:

“Temos de ser compreensivos.”

“Por mim, tudo ok.”

“Se achares que está bem assim.”

“Vou já fazer isso.”

“Eu posso fazer isso, mas da outra maneira também vai funcionar.”

“Não vale a pena armar confusão.”

 

 

Algumas perguntas que podes fazer para verificar se te aproximas do:

 

 

Tipo 1 – O Perfeccionista – Tríade Instintiva

 

1 – É frequente haver uma voz na minha cabeça como se fosse uma personagem julgadora, que não para de fazer criticas sobre mim, sobre os outros, sobre o que está certo, o que está errado e o que necessita de ser aperfeiçoado?

2 – Procuro uma forma perfeita de fazer cada coisa, o auto-aperfeiçoamento e, sinto ressentimento em relação ao comportamento relaxado dos outros?

3 – Observo-me com frequência a fazer algo de uma forma forçada relacionado com o dever, ainda que a minha mais profunda vontade fosse fazer algo relacionado com o prazer?

 

 

Tipo 2 – O Prestativo – Tríade Emocional

 

1 – É frequente colocar o meu foco de atenção nas necessidades das outras pessoas, compreendendo com facilidade as suas emoções, ainda que sinta dificuldade em reconhecer as minhas próprias, até para mim mesmo?

2 – A orientação para os relacionamentos, o foco em apoiar as pessoas de que mais gosto, a negação das minhas próprias necessidades e o orgulho em estar disponível para ajudar os outros são questões que reconheço em mim?

3 – Sinto de alguma forma que, em certos momentos, toda a atenção que dou ás outras pessoas me tiram algo que valorizo muito e que é a minha liberdade?

 

 

Tipo 3 – O Bem-sucedido – Tríade Emocional

 

1 – Valorizo o sucesso e a concretização acima de tudo, como forma de reconhecimento?

2 – A preocupação com a forma como os outros me vêm, a orientação para as metas e para o sucesso e evitar a qualquer custo o fracasso são questões que se aplicam a mim?

3 – No meu intimo, ainda que pouco consciente, sinto que as pessoas merecedoras de amor, respeito e consideração são aqueles que manifestam um consistente grau de sucesso?

 

 

Tipo 4 – O Romântico – Tríade Emocional

 

1 – Extremar as emoções, idealizar projetos e acontecimentos e sentir-me triste quando não se concretizam, procurar ser original e comparar-se com os outros são questões que se aplicam a mim?

2 – No meu intimo, ainda que pouco consciente, sinto que as pessoas merecedoras de amor, respeito e consideração são aquelas que manifestam a sua singularidade e identidade?

3 – Acredito que as coisas na vida para terem significado têm de ser vividas intensamente e profundamente?

 

 

Tipo 5 – O Observador – Tríade Mental

 

1 – A sede de conhecimento, a privacidade, o distanciamento emocional e a departamentalização de ambientes, assuntos e pessoas, aplicam-se a mim?

2 – No meu intimo, ainda que pouco consciente, sinto que as pessoas merecedoras de amor, respeito e consideração são aquelas que detêm o conhecimento?

3 – Aprecio e pratico com regularidade um certo afastamento das pessoas para desenvolver os meus conhecimentos ou simplesmente recarregar baterias?

 

 

Tipo 6 – O Precavido – Tríade Mental

 

1 – A prevenção, a antecipação do pior, procurar compreender tudo à minha volta e um foco especial na relação com a autoridade aplica-se a mim?

2 – No meu intimo, ainda que pouco consciente, sinto as pessoas merecedoras de amor, respeito e consideração são as que antecipam e se preparam para todos os cenários?

3 – Preocupo-me muito em antecipar problemas para me precaver de comportamentos ou situações inesperadas e entusiasma-me em particular enfrentar situações de risco que inicialmente me causam receio e que depois acabo por vencer?

 

 

Tipo 7 – O Entusiasta – Tríade Mental

 

1 – Manter abertas as minhas múltiplas opções, o otimismo, uma forte intenção inconsciente de evitar situações de privação e de dor e a capacidade especial de síntese aplicam-se a mim?

2 – No meu intimo, ainda que pouco consciente, sinto que as pessoas merecedoras de amor, respeito e consideração são aquelas que são felizes e aproveitam o melhor da vida?

3 – Procuro frequentemente novas ideias e acontecimentos estimulantes para manter a minha vida excitante e cheia de alternativas?

 

 

Tipo 8 – O Controlador – Tríade Instintiva

 

1 – A necessidade de controlo, a sensibilidade para questões de justiça, a vontade de vingança para os que traem a minha confiança, uma forte autoconfiança e determinação são questões que se aplicam a mim?

2 – No meu intimo, ainda que pouco consciente, sinto que as pessoas merecedoras de amor, respeito e consideração têm de ser fortes e refletir uma natural sensação de controlo?

3 – Sou visto como uma pessoa forte, chegando por vezes a intimidar os outros, intencionalmente ou não?

 

 

Tipo 9 – O Pacificador – Tríade Instintiva

 

1 – A preocupação com a harmonia, evitar conflitos e a tomada de posições frontalmente opostas são questões que se aplicam a mim?

2 – No meu intimo, ainda que pouco consciente, sinto que as pessoas merecedoras de amor, respeito e consideração têm de ser conciliadoras e harmoniosas?

3 – Fundo-me com a energia positiva das outras pessoas, mas desligo-me totalmente das situações quando sinto negatividade, raiva ou confronto?

 

Fábio Alexandre Costa

 

 

Programa SER - Fullmind Coaching

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *